ministros-batismo-comunidade-catolica-brasileira-bruxelas-belgica

Os Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão são fiéis não-ordenados que colaboram com os ministros sagrados, em diversos âmbitos da pastoral, para que o dom indescritível da Eucaristia seja cada vez mais profundamente conhecido. Eles têm como missão auxiliar os celebrantes na distribuição da Sagrada Comunhão na Igreja, e ministrá-la aos doentes que se encontram em hospitais ou em casas. O papel do ministro é zelar pelo Corpo Santo de Jesus que se faz presente na Eucaristia.
Este ministério sagrado deve ser exercido por leigos que tenham uma vida cristã autêntica, sejam maduros na fé, e possam servir a Igreja. O Ministro Extraordinário da Sagrada Comunhão deve ensinar e viver o que a Igreja ensina, especialmente em relação à Eucaristia e as condições para recebê-la dignamente.
Levar o Corpo e Sangue de Jesus não é, e nem deve ser, um ato rotineiro na vida de quem exerce esse ministério, muito pelo contrário, é sobrenatural. É impossível carregar Jesus junto ao peito durante o percurso até um doente e permanecer igual. “Aquele que não ama não conhece a Deus, porque Deus é amor” (1Jo 4,8). O ministro, mesmo com suas falhas pessoais, carrega junto ao peito o próprio Amor, portanto seu ministério só tem sentido e fecundidade, quando ele permite que esse Amor tome seu coração.
O ministro precisa ser um sinal de amor à Deus e do amor de Deus. Ser sinal de amor à Deus se traduz em um amor ferrenho à própria Eucaristia, é necessário um exame de consciência de todos os que exercem esse ministério. É muito triste ver àquele que é responsável por zelar pela Eucaristia, tratando com desleixo o próprio Corpo de Jesus, tanto nas filas de comunhão, como na purificação dos vasos sagrados. Em consequência do amor à Deus, o ministro se torna sinal do amor d’Ele agindo de maneira semelhante à Nossa Senhora ao visitar Santa Isabel, levando Jesus ao encontro do doente.
Ser ministro é deixar-se tomar pelo amor de Deus, para que se ame incessantemente a Eucaristia e se consiga tratar com amor àqueles que Deus nos confia. Lutando assim, para que o sobrenatural desse ministério NÃO se torne “comum” aos nossos olhos.
“Eu estou em meio a vós como aquele que serve.” (Lc 22,27)

Mario Junior

Ministros Extraordinários da Sagrada Comunhão: Mario Junior, Eliana, Reginaldo, Kenia, Simone, Maria Alves, Maria Augusta, Jerônima, Wilson, Adriana e Izaura.